Just another WordPress.com site

Como contratar babá para seu filho

Há alguns dias atrás, a maioria das pessoas ficou chocada ao ver pela televisão, cenas de uma babá que espancava crianças. Certamente avaliaram as babás que cuidam de seus filhos e não tiveram plena certeza de como as crianças eram cuidadas. Enfim, viram diante de seus olhos um ponto frágil.
No intuito de oferecer alguns conselhos que possam afastar de tais “babás”, o site www.EmpregadaDomestica.com.br, com a colaboração da psicóloga Gláucia Kronberg Lima, elaborou uma série de dicas que certamente irão auxiliar em muito os pais no momento da contratação de uma babá.
DICAS AO ANUNCIAR
Dê preferência:
*       As pessoas conhecidas;
*       A indicação de amigos, parentes etc.
Deixe claro que necessita alguém com:
*       Experiência;
*       Referência;
*       Goste de crianças;
*       Paciência.
DICAS NA ENTREVISTA
Verifique toda a documentação:
*       Na carteira profissional, verifique o tempo trabalhado em cada casa;
*       Nas cartas de referências, confronte-as com os registros da carteira profissional, verificando datas, nome do empregador etc.;
*       Peça o número do telefone dos ex-empregadores dela. Observe a reação.
Descubra o relacionamento da babá com a criança:
*       Pergunte de qual(is) criança(s) cuidava?
*       Procure obter mais informações como o(s) nome(s) da(s) criança(s), do que ela(s) gostava(m) de fazer, quais as atitudes da(s) criança(s) que ela não gostava, como era a questão da alimentação e medicamento das crianças etc., e vá observando as reações da futura babá;
*       Pergunte sobre as dificuldades que ela encontrou no trabalho anterior e depois questione como ela conseguiu superá-las;
*       Relate todo o trabalho que ela terá que realizar, especialmente com a(s) criança(s) e observe as suas reações;
*       Pergunte sobre a sua paciência no cuidado com a(s) criança(s).
*       Procure saber sobre seus valores e princípios éticos e morais, como honestidade, integridade, etc., pois a babá pode vir a influenciar na formação de seu(s) filho(s).
Descubra o relacionamento familiar da babá:
*       Pergunte se tem filhos? Com quem os deixaria?
*       Procure saber qual a sua estrutura familiar: com quem mora? Quantos moram na mesma casa?
Invista tempo na entrevista:
*       A entrevista é o momento onde você poderá descobrir muitas coisas da babá. Quanto maior o tempo, maior será a chance de conhecê-la melhor. Portanto, marque entrevista sem agendar outros compromissos em seguida;
*       Deixe a babá falar;
*       Procure verificar se não há contradições na fala da babá.
DICAS PÓS-ENTREVISTA
*       Faça contato com os ex-empregadores. Caso ela não tenha lhe repassado algum número de telefone, consulte a lista telefônica. Cuidado. No primeiro momento, é comum o ex-empregador dizer que ela era uma boa empregada. Mas, na medida do possível, estenda o questionamento, perguntando: se cuidava de crianças? Quais? As idades das crianças? Como era o relacionamento dela com as crianças? Se eles deixavam a babá sozinha com as crianças? Se as crianças gostavam da babá? E conte a sua situação, que terá que deixar uma criança de tal idade só, por tantas horas e se acha que ela cuidaria bem?
*       Estando em dúvida, não contrate-a.
DICAS DURANTE A CONTRATAÇÃO
*       Nos primeiros dias, procure deixar uma pessoa de sua confiança juntamente com a babá e a(s) criança(s), para verificar o comportamento da babá;
*       Procure você, ou uma pessoa de sua confiança, fazer visitas surpresas, passando em casa em horários não previstos. Observe a(s) criança(s) e a babá;
*       Ligue algumas vezes durante o dia. Preste atenção no barulho ao fundo. Se a criança falar, pergunte a ela o que está fazendo etc.;
*       Longe da babá, à noite ou em fim de semana, tente conversar com a criança para saber como está o relacionamento da(s) criança(s) com a babá;
*       Diariamente examine todo o corpo da criança par ver se encontra algum sinal estranho, como hematomas e arranhões.
CERTIDÃO CRIMINAL
Embora não esteja proibida pela legislação, a equipe do site www.EmpregadaDomestica.com.br
sugere a não exigência de certidão criminal da babá, pois a mesma poderá sentir-se ofendida e pleitear uma indenização por dano moral. Além do que, caso tenha ocorrido algum problema com a criança que esta cuidava, provavelmente não constará na certidão, tendo em vista que os processos que envolvem menores, normalmente correm em segredo da justiça.
Observações:
  1. As dicas acima poderão ser publicadas, total ou parcialmente, sempre que for citada a fonte (sitewww.EmpregadaDomestica.com.br);
  2. O site www.EmpregadaDomestica.com.br não se responsabiliza por atitudes da babá, mesmo após ter seguido todas as dicas acima.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s