Just another WordPress.com site

VOCÊ PODE MELHORAR SUA MEMÓRIA!

A memória enriquece nossa vida. Sem ela não teríamos um senso de continuidade, e todas as manhãs estaríamos vendo um estranho no espelho. Os dias e eventos ficariam isolados; não teríamos como aprender do passado nem antecipar o futuro.” — “MYSTERIES OF THE MIND” (Mistérios da Mente).

POR QUE algumas aves não esquecem onde guardaram sementes para o inverno meses antes, e esquilos se lembram onde enterraram nozes, mas nós às vezes esquecemos onde deixamos as chaves uma hora atrás? De fato, muitos reclamam de ter memória fraca. Mas o cérebro humano, mesmo sendo imperfeito, tem uma capacidade impressionante de aprender e lembrar. O segredo é usar a memória ao máximo.
Incrível potencial
O cérebro humano pesa cerca de 1,4 quilo e é mais ou menos do tamanho de um coco. No entanto, contém uns 100 bilhões de neurônios, ou células nervosas, que formam uma rede incrivelmente complexa. De fato, apenas um neurônio pode estar conectado com 100 mil outros. Com isso, o cérebro tem potencial para processar e reter uma vasta quantidade de informações. Mas o desafio é lembrar delas quando necessário. Alguns, incluindo pessoas com pouca ou nenhuma escolaridade, se sobressaem nisso.
Por exemplo, na África Ocidental, cronistas tribais analfabetos chamados griôs conseguem citar o nome de pessoas de muitas gerações de suas aldeias. Graças a eles, Alex Haley, autor americano do livro Negras Raízes, que ganhou o Prêmio Pulitzer, conseguiu traçar seis gerações de sua família em Gâmbia. Haley disse: “Tenho uma grande dívida de gratidão para com os griôs da África — onde hoje corretamente se diz que quando um deles morre, é como se uma biblioteca fosse destruída pelo fogo.”
Veja também o caso do famoso maestro italiano Arturo Toscanini, que foi “descoberto” aos 19 anos quando teve de substituir outro regente. Apesar da visão fraca, ele conseguiu reger de cor a inteira ópera Aida!
Essas façanhas talvez nos surpreendam. Mesmo assim, a maioria das pessoas tem potencial para lembrar muito mais do que acham ser capazes. Você gostaria de aprimorar sua memória?
Como melhorar a memória
A memória tem três estágios: codificação, retenção e recuperação. O cérebro codifica a informação quando a percebe e a registra. Essa informação pode então ser retida e mais tarde recuperada. Ocorre uma falha de memória quando um desses estágios entra em pane.
Existem vários tipos de memória, incluindo sensorial, de curto prazo e de longo prazo. A sensorial é estimulada por meio dos sentidos, como olfato, visão e tato. A de curto prazo, também chamada memória de trabalho, retém pequenas quantidades de informação por curtos períodos. Em resultado disso, podemos fazer contas de cabeça, lembrar um número de telefone o suficiente para poder discá-lo e lembrar a primeira parte de uma frase enquanto lemos ou ouvimos a segunda. Mas como sabemos, a memória de curto prazo tem seus limites.
Se quiser reter informações por tempo indeterminado, terá de usar sua memória de longo prazo. Como fazer isso? Os seguintes princípios serão de ajuda.

 
▪ Interesse 
Desenvolva interesse pelo assunto e lembre-se por que precisa aprender sobre ele. Talvez tenha percebido que memoriza informações com mais facilidade quando suas emoções estão envolvidas.
Atenção 
“A maioria das ‘falhas de memória’ na realidade significa falta de atenção”, disse o livro Mysteries of the Mind. O que pode ajudá-lo a prestar atenção? Mostre interesse e, quando possível, faça anotações. Elas ajudam a mente a se concentrar e permitem que você recapitule a matéria mais tarde.
Compreensão 
Quando você não compreende bem uma idéia, provavelmente vai lembrar pouco sobre ela, se é que vai lembrar alguma coisa. A compreensão ajuda a ver a relação entre as partes de uma idéia, juntando-as para que formem um conceito completo e lógico. Por exemplo, quando um estudante de mecânica compreende como funciona o motor de um veículo, ele se lembrará melhor dos detalhes do motor.
Organização
  Classifique idéias similares ou relacionadas. Para ilustrar: é mais fácil lembrar os itens de uma lista de compras se classificá-los — carnes, legumes, frutas e assim por diante. Também, divida a informação em partes menores, contendo no máximo sete itens. Números de telefone em geral são divididos em duas partes para que possam ser lembrados com mais facilidade. Outra sugestão é colocar a lista numa determinada ordem, talvez alfabética.
Verbalização 
Repetir em voz alta o que você deseja lembrar (uma palavra ou frase num idioma estrangeiro) fortalecerá as conexões neurais. Como? Primeiro, dizer a palavra obriga você a prestar atenção. Segundo, talvez seu professor corrija ou confirme o que você acabou de dizer. E terceiro, ouvir — mesmo que seja a sua voz — exercita outras partes do cérebro.
Visualização
Faça um quadro mental do que você deseja lembrar. Pode ser de ajuda desenhá-lo ou esboçá-lo. A visualização, assim como a verbalização, também usa diferentes partes do cérebro. Quanto mais sentidos você usar, mais a informação ficará retida.
Associação 
Ao aprender algo novo, associe-o com alguma coisa que você já conhece. A associação liga pensamentos com lembranças já retidas, facilitando a codificação e a recuperação. Por exemplo, para lembrar o nome de uma pessoa, associe-o a um aspecto incomum da aparência dela ou a outra coisa que o fará lembrar do nome. Quanto mais engraçada ou absurda a associação, mais fácil será lembrar dele. Resumindo, precisamos pensar nas pessoas e coisas que queremos lembrar.
O livro Searching for Memory (Em Busca da Memória) declara: “Se vivermos a maior parte do tempo ‘no piloto automático’ e não refletirmos em nosso ambiente e em nossas experiências, o resultado provavelmente será apenas lembranças vagas de onde estivemos e do que fizemos.”
Consolidação 
Dê tempo para que a informação seja processada, ou absorvida. Uma das melhores maneiras de fazer isso é recapitular o que aprendeu, talvez por repetir a informação para outra pessoa. É com boa razão que a repetição tem sido chamada de a mãe da retenção.
Mnemônica — uma ferramenta útil
Na Grécia e Roma antigas, oradores conseguiam fazer discursos longos sem ter nada escrito. Como? Por usar a mnemônica. Essa é uma técnica ou método que nos ajuda a reter informações na memória de longo prazo e a lembrar delas quando necessário.
Um tipo de mnemônica usado por oradores da Grécia antiga foi o método loci, ou de localização, descrito pela primeira vez pelo poeta grego Simônides de Ceos, em 477 AEC. Essa técnica combina os princípios de organização, visualização e associação com algo conhecido, como um ponto de referência numa rua ou um objeto num quarto ou na casa. Os adeptos do método loci fazem uma caminhada mental, associando cada parte da informação que querem lembrar com certos pontos de referência ou objetos. Quando querem se lembrar da informação, eles simplesmente fazem essa caminhada mental de novo. — Veja o quadro “Faça uma caminhada mental”.
Pesquisas feitas com os primeiros colocados no Campeonato Mundial de Memória, realizado todo ano, constataram que eles não possuíam memória excelente porque eram extremamente inteligentes. Além disso, a idade da maioria dos participantes era de 40 a 50 anos. Qual o segredo? Muitos atribuíram suas habilidades ao uso eficaz da mnemônica.
Você precisa se lembrar de uma série de palavras? Uma mnemônica eficaz para se conseguir isso é o acrônimo — juntar a letra ou as letras iniciais de um grupo de palavras para formar uma outra palavra. Por exemplo, podemos lembrar o nome dos três principais oceanos: Pacífico, Atlântico e Índico, usando o acrônimo “PAI
Com certeza você pode treinar e melhorar sua memória. Pesquisas têm revelado que a memória é como um músculo. Quanto mais a usamos, mais forte ela fica, até mesmo na velhice.
 

DICAS ADICIONAIS
 
▪ Estimule a memória por aprender novas habilidades, como falar um novo idioma ou tocar um instrumento musical.
▪ Concentre-se nas coisas mais importantes.
▪ Aprenda técnicas mnemônicas.
▪ Beba água suficiente. A desidratação pode causar confusão mental.
▪ Durma o suficiente. Durante o sono o cérebro armazena memórias.
▪ Relaxe enquanto estuda. O estresse libera o cortisol, que pode interromper as interações dos nervos.
▪ Não fume nem abuse de bebidas alcoólicas. O álcool interfere na memória de curto prazo, e o alcoolismo pode levar à deficiência de tiamina, um tipo de vitamina B essencial para o funcionamento adequado da memória. Fumar reduz a oxigenação do cérebro.
 
FAÇA UMA CAMINHADA MENTAL
 
  Como você lembraria uma lista de compras com vários itens, como pão, ovos, leite e manteiga? Usando o método loci, você pode “ver” os itens ao passo que faz a caminhada mental pela sua sala de estar.
Visualize uma cadeira com a almofada feita de pão
ovos chocando debaixo de uma lâmpada
seus peixes nadando num aquário cheio de leite
a tela da televisão untada com manteiga
  Quanto mais engraçada e incomum, melhor! Quando chegar ao mercado, refaça sua caminhada mental.

 
ESQUECER É BOM!

 
  Imagine como seria sua vida se você se lembrasse de tudo, quer fosse importante, quer não. Sua mente ficaria entulhada de coisas, não é verdade? Por exemplo, uma mulher que se lembrava de quase tudo que acontecia em sua vida “descreveu esse processo como ‘ininterrupto, incontrolável e extremamente cansativo’, e um ‘fardo’”, diz a revista New Scientist. Felizmente, a maioria de nós não tem esse problema porque o cérebro, segundo alguns pesquisadores, consegue eliminar informações irrelevantes ou desatualizadas. “O esquecimento eficaz”, comenta a revista, “é uma parte fundamental de uma memória completamente funcional. Quando esquecemos algo útil, . . . isso simplesmente mostra que esse sistema de eliminação está trabalhando ‘bem demais’”.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s